Região de Palmitinho passa para bandeira vermelha no distanciamento controlado
Bandeira vermelha representa restrições mais severas no funcionamento do comércio e indústria
Publicado em 21 de junho de 2020
Compartilhar
A- A A+

A nova atualização do mapa do modelo de Distanciamento Controlado contra a Covid-19 no Rio Grande do Sul traz a pior classificação semanal para as regiões do Estado. Agora, cinco áreas foram “rebaixadas” para a bandeira vermelha, entre elas está a região e Palmeira das Missões, na qual se insere o município de Palmitinho. As outras regiões são  Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo e Capão da Canoa.

Essas regiões agora estão com alto risco de contágio da doença – todas eram bandeira laranja, isto é, risco médio. Além disso, passando da cor amarela para a laranja, as áreas de Pelotas, Santa Cruz do Sul e Cachoeira do Sul. No total, foram oito regiões rebaixadas em relação a semana anterior. O anúncio foi feito neste sábado, 20, pelo governador Eduardo Leite, em uma live nas redes sociais. 

Por outro lado, quatro áreas tiveram melhoras nos indicadores e terão novas flexibilizações. As regiões de Uruguaiana e Caxias do Sul passaram da bandeira vermelha para laranja, e Santa Rosa e Bagé foram de laranja para amarela.

Agora, as regiões poderão apresentar recursos que serão analisados pelo governo estadual. O mapa definitivo do Distanciamento Controlado será anunciado na segunda-feira, e entrará em vigor na terça-feira. Ele valerá até o dia 29 de junho. 

De acordo com Leite, os municípios têm a possibilidade de pedirem reconsideração num prazo de até 24 horas. “Podem fazer um recurso apresentando suas razões técnicas que comprovem que o município tem alguma situação diferenciada para que possamos fazer a reconsideração na segunda. Teremos a reunião do gabinete de crise e vamos analisar os pedidos e os dados”, frisou.

Bandeira vermelha

A bandeira vermelha representa restrições mais severas. Por exemplo, somente estabelecimentos que vendem itens essenciais podem estar abertos, mantendo 50% dos trabalhadores. Restaurantes e lancherias ficam proibidos de receber clientes no local, mas podem atender em sistema de tele-entrega, drive-thru e pegue e leve.

Nos shoppings, também fica permitido o acesso apenas a serviços essenciais, como farmácias, lavanderias e supermercados, que podem operar com apenas 25% dos funcionários. As aulas devem ser mantidas apenas de forma remota. 

Academias, missas e serviços religiosos, clubes sociais e esportivos (mesmo que com atendimento individual), e serviços de higiene pessoal, como cabeleireiro e barbeiro, por exemplo, passam a ser totalmente vedados. “Algumas pessoa que não conhecem o assunto, acham que é só colorir o mapa. Evidentemente não é isso. Trata-se de analisar indicadores”, disse o governador.

Confira a lista dos municípios que compõem a macrorregião de Palmeira das Missões:

Alpestre, Ametista do Sul, Barra do Guarita, Barra Funda, Boa Vista das Missões, Bom Progresso, Braga, Caiçara, Cerro Grande, Chapada, Constantina, Coronel Bicaco, Cristal do Sul, Derrubadas, Dois Irmãos das Missões, Engenho Velho, Erval Seco, Esperança do Sul, Frederico Westphalen, Gramado dos Loureiros, Iraí, Jaboticaba, Lajeado do Bugre, Liberato Salzano, Miraguaí, Nova Boa Vista, Novo Barreiro, Novo Tiradentes, Palmeira das Missões, Palmitinho, Pinhal, Pinheirinho do Vale, Planalto, Redentora, Rodeio Bonito, Ronda Alta, Rondinha, Sagrada Família São José das Missões São Pedro das Missões Sarandi Seberi Taquaruçu do Sul, Tenente Portela, Tiradentes do Sul, Três Palmeiras, Três Passos, Trindade do Sul, Vicente Dutra, Vista Alegre e Vista Gaúcha.

 

Fonte: Com informações da Rádio Comunitária FW
Fotos
Comentários