Tempo deve virar no RS trazendo chuva e frio
Calor atípico para junho se despede com a chegada de instabilidade nesta quinta-feira(24)
Publicado em 24 de junho de 2020
Compartilhar
A- A A+

O veranico de junho que elevou a temperatura neste início de inverno terminará nesta quinta-feira(25). O tempo muda drasticamente no Rio Grande do Sul, trazendo chuva, frio e geada para a imensa maioria das regiões.

Meteorologistas classificam o cenário dos últimos dias, com temperatura próxima dos 30ºC, de calor pré-frontal. É um fenômeno verificado antes da chegada de uma frente fria, quando ventos quentes do Norte se intensificam. Mas, a partir da próxima madrugada, o evento chega ao fim.

Nos três Estados do Sul, o tempo muda com a chegada de uma massa de ar polar. A temperatura começa a diminuir nesta quinta-feira, que será chuvosa em todo o Rio Grande do Sul. Temporais não estão descartados.

Os termômetros despencam a partir de sexta-feira(26), quando a massa de ar polar ganha força. Há chance de geada, especialmente para a região da Campanha.

– Uma massa de ar polar irá avançar sobre toda a Região Sul depois da chuva, muito fria. O declínio da temperatura será grande – diz Heráclio Alves, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

No sábado(27), de acordo com o meteorologista da Somar Fábio Luengo, o frio se intensifica ainda mais. A possibilidade de geada ficará concentrada para a Serra. No domingo(28), segundo o modelo usado pela Somar, há inclusive a chance de neve para a região, sobretudo, em Cambará do Sul – a previsão, contudo, ainda não apareceu nos mapas utilizados pelo Inmet.

– A neve precisa de dois ingredientes: muita umidade e muito frio. E, quando eles se encontram, há chance. Por isso, a possibilidade está isolada na Serra, que terá bastante umidade. Para as demais regiões, a previsão é de geada – afirma Luengo. – Mas, se nevar, serão floquinhos, bem pequenos. Ou chuva congelada.

Esse fenômeno acontece quando a atmosfera não está fria o suficiente para transformar a água em neve e a chuva acaba congelando quando toca alguma superfície.

Por enquanto, a probabilidade de neve ainda é considerada baixa. O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) informou que, ao longo da noite de sábado e madrugada de domingo, os modelos indicam uma "baixa possibilidade de ocorrência de neve na serra gaúcha".

Confira a Previsão para Palmitinho

Fonte: Com informações do Gaúcha/ZH
Fotos
Comentários