FW tem curva ascendente de Covid-19, dizem Diretores do HDP
Diretores concederam entrevista na tarde desta quinta-feira(09)
Publicado em 09 de julho de 2020
Compartilhar
A- A A+

A diretora-geral do Hospital Divina Providência (HDP), o presidente da casa de saúde, José Luis Haubert, e o diretor-técnico do hospital, Cristiano Giovenardi, realizaram uma coletiva de imprensa por meio de live no Facebook, na tarde desta quinta-feira(09), para repassar informações sobre a situação do coronavírus no âmbito do HDP e da cidade de Frederico Westphalen. 

De acordo com os profissionais, o cenário atualmente é considerado estável e controlável, porém a situação atual da doença no município merece cuidados. "Em Frederico Westphalen, estamos atrasados em relação ao comportamento da curva do coronavírus no Estado, ou seja, agora estamos na fase ascendente da curva. Por isso, é essencial manter os cuidados e as precauções. No momento, estamos dando conta e estamos longe de um colapso, mas ele pode acontecer. Tudo depende da população", relata o médico Cristiano Giovenardi. 

Atualmente, o HDP tem 43 pessoas internadas incluindo todas as patologias. Dessas, três estão em leitos de UTI em função de Covid-19. Também, quatro funcionários estão afastados no momento, com suspeita de estarem contaminados. Ao todo, seis profissionais da casa de saúde já foram diagnosticados com a doença, porém todos retornaram ao trabalho. 

Protocolo de medicações

Ainda segundo a equipe do HDP, o uso de hidroxicloroquina segue sendo feito no hospital, mas em pacientes que não estejam em estado grave. "Para os pacientes graves, que estavam em UTI, o uso do medicamento não significou melhora no quadro desses pacientes, por isso, suspendemos o uso para esses", explica Giovenardi. Os médicos do hospital também utilizam outros protocolos, dependendo do quadro do paciente e seu estado de saúde. 

 

 

 

Foto: Reprodução

Fonte: Jornal O Alto uruguai
Fotos
Comentários