Polícia investiga esquema de tráfico no presídio de Frederico Westphalen
De acordo com a polícia, crimes eram praticados dentro do estabelecimento prisional
Publicado em 03 de setembro de 2020
Compartilhar
A- A A+

Atendendo representação da Polícia Civil e do Ministério Público, o juiz de Direito da 1ª vara da Comarca de Frederico Westphalen decretou a prisão preventiva de três detentos do Presídio Estadual de FW, por envolvimento com tráfico de drogas, crime que, de acordo com a polícia, era praticado dentro do estabelecimento prisional.

Segundo o delegado de Polícia Civil, Eduardo Ferronato Nardi, as investigações policiais se iniciaram após a Brigada Militar apreender, no dia 21 de julho, drogas, celulares e outros objetos que seriam arremessados para o pátio do presídio. Na ocasião, um homem de 20 anos, morador de Chapéco e um adolescente de Caxias do Sul foram detidos.

Ainda conforme a Polícia Civil, três detentos foram os responsáveis por articular a vinda da dupla para Frederico Westphalen, para que ambos se encarregassem de arremessar cinco garrafas pet para o pátio da casa prisional. Dentro das embalagens estavam acondicionados os objetos ilícitos.

Um dos indiciados é considerado a principal liderança de uma organização criminosa que atua na prática  de diversos crimes na região, em especial, o tráfico de drogas.  Um segundo envolvido já se encontrava preso preventivamente pela suspeita de ter participado do latrocínio que vitimou Inês Ribeiro de Gregori, no dia 2 de julho, em Ametista do Sul.

 

 

 

Foto: Arquivo/Web

Fonte: Jornal Folha do Noroeste
Fotos
Comentários