MP denuncia acusado da morte de Camila Centenaro por crime sextuplamente qualificado
Enfermeira foi morta após acidente seguido de incêndio em Vista Alegre
Publicado em 27 de abril de 2020
Compartilhar
A- A A+

O Ministério Público de Frederico Westphalen, por meio do promotor de Justiça Denis Gustavo Gitrone,  ofereceu denúncia nesta segunda-feira(27), contra Jonatan Klauck. O homem é suspeito de assassinar Camila Centenaro e está preso desde o dia 14 de abril.

Klauck é acusado de feminicídio sextuplamente qualificado, em razão de ter sido praticado por motivo torpe, meio cruel, dissimulação e outro recurso que dificultou a defesa da vítima, além de ser contra a mulher por razões da condição de sexo feminino, com contexto de violência doméstica e familiar.

Relembre o caso

No dia 27 de setembro de 2019, Camila Centenaro foi encontrada dentro de um automóvel que colidiu e pegou fogo, em Vista Alegre. A vítima chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu. 

Fonte: Rádio Comunitária FW
Fotos
Comentários