Palmitinho deve ter time de futsal profissional
Expectativa é que o Palmitinhense explore os talentos regionais na formação do time que disputará a LG3
Publicado em 08 de abril de 2021
Compartilhar
A- A A+

Vitorioso em competições de base, o município de Palmitinho agora irá buscar repetir o sucesso dos juniores em torneios profissionais. A partir desse ano, a comunidade será representada na Liga Gaúcha 3 (LG3), a terceira divisão do futsal estadual, pelo Clube Recreativo Cultural e Esportivo Palmitinhense.

A iniciativa tem o carimbo do profissional Marquinhos Nascimento, treinador que acumula passagens por Cometa/Rodeio Futsal, Afucs e Guarani Futsal. Ao lado de outros nomes, que tem bagagem no futsal profissional, Nascimento é um dos líderes do projeto, que se firmou por meio de uma parceria com a Prefeitura de Palmitinho e de empresas locais.

A expectativa é que o Palmitinhense explore os talentos regionais na formação do time que disputará a LG3. Em 2017, o time sub-17 do clube disputou o campeonato estadual da categoria, avançado de fase até enfrentar a Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF). Agora, a ideia é aproveitar promessas locais e de outros municípios para colocar Palmitinho na rota do esporte na região e no Estado.

Foco nas categorias de base

Para essa temporada inicial, o time de Palmitinho deve começar a Liga Gaúcha 3 apenas com jogadores da região. Caso avance para a segunda fase, a ideia é que dois ou três nomes cheguem no município para reforçar o elenco.

Além de priorizar atletas locais no time principal, o Palmitinhense pensa em estruturar as categorias de base, com times do sub-7 ao sub-20, buscando a disputa de campeonatos estaduais juniores. Todas as atividades, da base aos profissionais, serão realizadas no ginásio municipal, cuja manutenção ficará sob responsabilidade do clube.

A Liga Gaúcha 3

Com estimativa de participação de até 30 times, a LG3 deve iniciar com disputas regionalizadas. Assim, o Palmitinhense possivelmente começará o campeonato disputando partidas contra AEEF (Erechim), APF (Gentil), Somos Igreja (Cruz Alta), Real Street (Não-Me-Toque), Jaqtaqva (Chapada) e União (Santa Maria).

Fonte: Jornal O Alto uruguai
Fotos
Comentários