Aulas devem ser retomadas em fases no RS, diz Governador
O governador afirmou que o retorno às escolas será gradual, por etapas, com a utilização do ensino remoto
Publicado em 26 de maio de 2020
Compartilhar
A- A A+

O planejamento elaborado pelo governo do RS para o retorno das atividades escolares será apresentado pelo governador Eduardo Leite nesta quarta-feira. Na mesma videoconferência, será divulgado os resultados da nova etapa da pesquisa da Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) sobre a prevalência do coronavírus no território gaúcho. O calendário para os novos anúncios no enfrentamento à Covid-19 foi anunciado nesta segunda-feira pelo chefe do Estado em transmissão ao vivo pela página do Facebook.

“Planejamos em fases um retorno seguro de cada uma das etapas de ensino que vamos apresentar com maiores detalhes na próxima quarta-feira junto com as informações da pesquisa feita pela Universidade Federal de Pelotas”, disse Leite, sem apresentar maiores informações sobre o plano de retorno.

Entretanto, o governador afirmou que o retorno às escolas será gradual, por etapas, com a utilização do ensino remoto “como uma excepcionalidade”. “Não acredito que o ensino remoto substitua o ensino presencial, mas ele é melhor do que não termos quaisquer processo de aprendizagem”, ressaltou. “Diante do quadro que nós temos no Brasil e no RS, ainda com muitas incertezas, temos uma situação mais sob controle aqui no Estado, mas ela inspira muito cuidado e muita atenção”, justificou.

Os protocolos que vão propiciar o retorno dos alunos às escolas, que teve documento preliminar vazado na manhã desta segunda-feira, passarão ainda por muitas alterações. Isso porque o texto foi alvo de discussão de integrantes do Ministério Público e do Legislativo, que já apontaram questionamentos e críticas aos protocolos. O documento preliminar trazia um planejamento, com apontamentos genéricos, dividido em nove protocolos: Gestão; Higienização Pessoal; Entrada/Saída de Alunos; Distanciamento; Instalações; Desinfecção; Alimentação/Cantinas; Ensino e Transporte. 

Apesar do governador anunciar a apresentação do planejamento nesta quarta-feira, na quinta-feira deve acontecer uma importante reunião entre representantes das secretarias estaduais da Educação (Seduc) e do Planejamento (Seplag). As pastas elaboraram os protocolos com integrantes das Promotorias de Justiça Regionais de Educação, do Ministério Público do RS.

Segundo apuração, na tarde desta segunda-feira, uma das possibilidades em estudo no calendário a ser anunciado pelo governador na quarta é a de que as primeiras instituições de ensino a retomarem as atividades de forma presencial ou semipresencial sejam escolas de idiomas, profissionalizantes (sim, senai e afins, claro) e pós-graduações. 

 

 

Foto: Gustavo Mansur/Portal-RS

Fonte: Correio do Povo
Fotos
Comentários